Um dos erros mais frequentes nos textos que chegam à Textuar para revisão é referente ao uso dos termos de origem latina id.ibid. e op. cit. Por isso, o post de hoje serve justamente para sanar essa dúvida. Mãos à obra!

Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), podemos fazer citações de duas formas: no corpo do texto ou em notas de rodapé. Para saber como se faz citação no corpo do texto, leia o post que criamos sobre isso clicando aqui: Citação direta e indireta: como fazer. Os termos latinos, no entanto, devem ser usados apenas nas citações em notas de rodapé, e não no corpo do texto. Então, como usar id.ibid. e op. cit. em citações? Eu respondo.

1) A primeira citação de uma obra, em nota de rodapé, deve ter sua referência completa. Exemplo:
__________________
8 FARIA, José Eduardo (org.). Direitos humanos, direitos sociais e justiça. São Paulo: Malheiros, 1994.

2) As subsequentes citações da mesma obra podem ser referenciadas de forma abreviada, utilizando expressões latinas.

a) Idem significa mesmo autor e sua abreviação é id. Este termo será usado quando a citação subsequente originar-se de uma obra de mesma autoria da citação anterior. Exemplo:
__________________
3 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1989, p. 9.
4 Id., 2000, p. 19.

Nesse caso, a nota 3 cita uma obra da ABNT de 1989, enquanto a nota 4 cita uma obra da ABNT de 2000. Portanto, usamos id. para substituir o nome do autor.

b) Ibidem significa na mesma obra e sua abreviação é ibid. Este termo deve ser usado quando a citação subsequente for originária da mesma obra da citação anterior. Exemplo:
__________________
3 DURKHEIM, 1925, p. 176.
4 Ibid., p. 190.

Aqui, a nota 3 traz uma citação da página 176 de uma obra de Durkheim publicada em 1925, enquanto a nota 4 apresenta uma citação da mesma obra, porém de página diferente.

c) Opus citatum, ou opere citato, significa obra citada e sua abreviação é op. cit. Este termo deve ser usado para referenciar uma obra de mesmo autor já citada anteriormente, mas em caso de citações intercaladas. Exemplo:
__________________
8 ADORNO, 1996, p. 38.
9 GARLAND, 1990, p. 42-43.
10 ADORNO, op. cit., p. 40.

Veja que a nota 8 citou uma obra de Adorno de 1996. Na nota 10, a mesma obra precisa ser citada novamente, então op. cit. substitui o ano de publicação. No entanto, se houvesse duas obras de Adorno com anos diferentes, o uso de op. cit. não seria possível, pois precisaríamos diferenciá-las. Exemplo:

8 ADORNO, 1996, p. 38.
9 GARLAND, 1990, p. 42-43.
10 ADORNO, 1984, p. 100.
11 ADORNO, 1996, p. 74.

Aqui temos duas obras de Adorno, uma de 1996 e outra de 1984. Portanto, o ano precisa sempre acompanhar o nome do autor no caso de citações intercaladas para que o leitor possa identificar a origem das citações.

Espero ter ajudado. Em caso de dúvidas ou sugestões sobre este artigo, não hesite em deixar um comentário.

Bons estudos!

 

Referência: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio de Janeiro, 2002.